sábado, 23 de junho de 2012

Palavras no ditas.

  tanta coisa que eu j pensei em te dizer & no disse, tipo na quelas horas que por um Longo tempo agente tC no msn, ou at mesmo quando esperava ansioso voc entra no Twitter s pra tuitar com voc. .. E em nossos pequenos encontros de 15min de Segunda Sexta, & mais algumas horas aos Domingos, diversas oportunidades pra dizer s algumas palavras, palavras essas que avia ensaiado na frente do espelho pra tte dizer, que descreveriam o sentimento diferente que sentia(sinto) por voc. Mais fui covarde, foi contra o corao & dei lugar pra razo, que nem tinha tanta razo assim. Os dois sem ningum, voc com uma pequena lacuna no corao, que eu sempre percebia quando conversvamos, mais voc sempre se fez forte. .. & forte assim, passo pelas barreiras & conseguiu preencher esse espao que faltava & paralelo a isso, conseguir fazer o mesmo, mau sabendo ns, que ao ceder aquele espao a outra pessoa, momentos depois ella iria deixar um outro bem maior. E foi bem isso que aconteceu.. .. A situao agora um pouco mais delicada que antes, voc ai s, com aquele rombo enorme & eu aqui, restaurando o segundo buraco que foi deixado. ..  Ai voc me pergunta & aquele l ? que voc diz ser diferente, aonde t, acabo ? - No ainda t aqui, guardado, cultivado, sendo alimentado todo dia pela amizade que foi criada ):(

       Giigante MC' - Oficio sagradO

Nenhum comentário:

Postar um comentário